segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Charge: O encontro de Sophia Loren, Dalida e Bianca Castafiore

    Nesta charge, homenageio duas divas da vida real e uma da ficção. O que elas têm em comum? O sangue italiano, a língua francesa e o talento vocal!    A atriz Sophia Loren nasceu em Roma e cresceu em Pozzuoli, comuna localizada na região da Campania, província de Nápoles. A cantora Dalida nasceu em Shoubra, distrito do Cairo, mas era neta de italianos de Serrastretta, comuna da região da Calábria. A cantora lírica Bianca Castafiore, por sua vez, é uma personagem ítalo-belga da série em quadrinhos "Les Aventures de Tintin", criada pelo cartunista belga Hergé.
    Sophia Loren vive, há vários anos, em Genebra, na Suíça, em uma mansão herdada de seu falecido marido, o diretor e produtor Carlo Ponti. A talentosa atriz do cinema internacional também gravou várias canções das trilhas sonoras de filmes em que atuou, demonstrando que também possui o dom da interpretação vocal. "De jour en jour" (que, inclusive, é uma bossa nova!) é uma delas, onde a diva italiana mostra todo seu potencial para o idioma francês, que também é praticado por ela no dia-a-dia, já que vive em uma cidade francófona.
    Dalida mostra sua "italianidade" até no nome de batismo: Iolanda Cristina Gigliotti. Nascida no Cairo (Egito), cresceu em uma comunidade italiana e, depois de ser eleita Miss Egito em 1954, aos 21 anos, mudou-se para Paris para tentar a carreira de cantora. Ali, Dalida alcançou o estrelato e se tornou uma das mais célebres intérpretes do século XX, tendo sido a precursora da discoteca na França. Graças a esta musa, os artistas da indústria fonográfica podem receber o Disco de Diamante, que foi criado especialmente para ela. Apesar de ter se tornado cidadã francesa (assim que se casou com o radialista francês Lucien Morisse, no início da década de 60) e de ter vivido até o fim de seus dias em Montmartre (bairro de Paris), Dalida jamais perdeu seu charmoso sotaque italiano, com destaque para a pronúncia da letra "r", que se tornou uma de suas principais marcas.
    Quanto à personagem Bianca Castafiore, trata-se de uma ítalo-belga que aparece várias vezes nas histórias em quadrinhos protagonizadas pelo repórter Tintin e seu fiel cãozinho, Milou. Talentosa cantora lírica, ela joga todo seu charme sobre o Capitão Haddock (que não se sente muito confortável com a situação). Eis mais um ponto em comum: O chame, que as três têm de sobra! Outra coincidência é que as três já brilharam nas telas de cinema!
    O refrão cantado por Castafiore pertence à canção "Bambino", primeiro grande sucesso na voz de Dalida. Na verdade, trata-se de uma versão de Jacques Larue para a música italiana "Guaglione", de Nisa e G. Fanciulli. Se o leitor assistir a uma das apresentações de Dalida no YouTube, verá que Bianca está reproduzindo o gesto feito pela diva egípcia durante sua interpretação.
    Imaginei que as três se encontrariam durante a década de 70, por isso, desenhei Sophia Loren e Dalida com suas respectivas aparências naquela época. 
    Das três, a única que pertence ao nosso mundo é Sophia Loren, que está ativa em seus muito bem vividos 86 anos. Dalida, infelizmente, escolheu partir aos 54 anos de idade, em 1987... E Bianca Castafiore vive somente nas páginas e nas telas da tevê e do cinema.
  Na vida real, Sophia Loren e Dalida chegaram a se conhecer... Mas essa história fica para uma outra postagem.

Carmem Toledo


 
Nesta charge, Sophia Loren observa Bianca Castafiore cantando o refrão de "Bambino", primeira canção a fazer sucesso na voz da cantora Dalida, que está do outro lado, tocando carinhosamente as costas de Castafiore.



Conheçam meu blog dedicado à atriz Sophia Loren: http://sophiaierioggidomani.blogspot.com


Acompanhem minhas performances em homenagem à cantora Dalida: Dalida... À ma manière


Querem saber mais sobre a vida e a carreira da artista?
Acompanhem as outras postagens da série:
 Tributo a Dalida.

Leiam também a história da tragédia do Festival de San Remo em 1967, que envolveu diretamente a diva: Homenagem ao cantor e compositor Luigi Tenco.




Algumas fontes recomendadas a quem deseja saber mais sobre Dalida:
Site oficial da cantora:
 https://dalida.com/
Blog brasileiro dedicado a Dalida (por Alexandre Korrea): http://dalidabrasil.blogspot.com/



Autoria:

"Culturofagia" (culturofagicamente.blogspot.com) é de autoria de Carmem Toledo. Está proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui publicado, inclusive dos disponibilizados através de links aqui presentes. A mesma observação se estende a todos os blogs e páginas da autora ("Super Specialis", "O Caminhante Solitário", "Sophia... Ieri, Oggi, Domani") e toda e qualquer criação, seja em forma de texto ou ilustração, por ela assinada.

Culturofagia

O Caminhante Solitário

Sophia... Ieri, Oggi, Domani